Secreção nos mamilos é sinal de câncer? – Clinica Mariana Eloy – CLIMAE | Candeias, BA.

Secreção nos mamilos é sinal de câncer?

Tudo o que você precisa saber sobre mastalgia
28 de abril de 2017
Você sabe a importância do ácido fólico para a gestante e o seu bebê?
18 de julho de 2019

O que é?

Os derrames papilares ou descarga papilares são caracterizados pela saída de secreção das papilas (mamilos) dentro ou fora do período de gestação.

Eles são responsáveis por 3 a 10% das queixas em consultórios de mastologia.

Essa condição costuma atingir as mulheres durante a menacme, momento compreendido como o período fértil feminino. Porém, as descargas papilares também costumam atingir mulheres mais velhas, o que pode ser sinal de neoplasia, que vem a ser a renovação dos tecidos orgânicos do corpo e, em alguns, casos pode ser um sintoma de câncer.

É sinal de câncer?

A saída de líquidos das mamas costuma preocupar bastante as pacientes, que podem associá-lo diretamente ao câncer. Porém, essa secreção pode ser provocada no momento em que a mulher pressiona os seus mamilos.

Em casos assim é importante que haja sempre uma investigação feita em conjunto com o mastologista. Tal investigação será essencial para o diagnóstico de um câncer ou o descarte dessa possibilidade.

Felizmente, apenas entre 1 a 10% dos casos de derrames papilares são sintomas de câncer.

Sair secreção quando aperto o mamilo é sinal de doença?

O médico deverá avaliar quando são casos fisiológicos (naturais ao organismo), patológicos (causados por doenças) ou se acontecem nos períodos que antecedem ou coincidem com a gestação.

Os casos fisiológicos são benignos e não apresentam riscos para a paciente. Uma dessas situações é quando a mulher pressiona os seus mamilos, fazendo expelir um tipo de secreção.

Isso ocorre porque as células dos ductos mamários se esfoliam, criando tal secreção. E, naturalmente, a compressão na região pode permitir a saída deste líquido.

Se, durante o aperto, essas secreções saírem em pequena quantidade, nas duas mamas e por vários ductos, é fisiológico, portanto, benigno e não oferecerá riscos à paciente.

Secreção espontânea

A preocupação deve vir quando a secreção for espontânea, ou seja, quando ocorrer sem que haja qualquer tipo de compressão.

A atenção também deve estar voltada para os casos onde a secreção sai apenas por uma das mamas ou por apenas um ducto.

A paciente deve manter-se alerta também quanto às suas cores. Secreções unilaterais (ocorridas em apenas uma das mamas) podem ser um sinal de câncer e deverão ser avaliadas por um mastologista.

As cores são preocupantes?

As cores das secreções costumam preocupar as mulheres, pois, muitas podem associá-las ao aparecimento de um câncer.

As secreções verdes ou coloridas, na maioria dos casos, são causadas por alterações fibrocísticas das mamas (aparecimento de nódulos).

Há também as secreções brancas que são associadas a saída de leite dos mamilos em períodos de gestação. Esses casos não apresentam riscos aparentes, mas, sempre deve haver o acompanhamento do médico para evitar  surpresas.

O que fazer?

A consulta ao mastologista é sempre recomendada em todos os tipos de derrames papilares. Para que não restem dúvidas e todas as precauções sejam tomadas, o médico irá avaliar o seu histórico e realizar o exame físico.

Se for detectada alguma condição anormal, ele prescreverá o tratamento adequado e possivelmente pedirá para que exames como mamografia, ultrassonografia, ductografia e citologia sejam realizados.

Feito isso, analisará os laudos e os sintomas, e, só então, estará apto a diagnosticar patologias como o câncer.