Tudo o que você precisa saber sobre mastalgia – Clinica Mariana Eloy – CLIMAE | Candeias, BA.

Tudo o que você precisa saber sobre mastalgia

Obesidade Feminina
24 de março de 2017
Secreção nos mamilos é sinal de câncer?
4 de Maio de 2017

O que é mastalgia?

As dores nos seios são muito comuns entre as mulheres, seja no período menstrual ou durante outras fases da vida. Infelizmente, grande parte das pessoas desconhece a razão pela qual sentem dores. Estes incômodos são chamados de mastalgias, dores que podem surgir em um simples ciclo menstrual ou na presença maligna de um câncer.

Confira agora tudo o que você precisa saber sobre mastalgias e como deve tratá-las de maneira segura.

Por que os meus seios doem?

Durante o período menstrual, muitas mulheres se queixam de dores nas mamas. Felizmente, essas dores não trazem nenhum risco para a saúde. Elas são causadas por alterações hormonais decorrentes do próprio ciclo menstrual. Porém, outros casos de dores nessa região podem advir de situações como câncer, traumas e cistos presentes no tipo acíclico da mastalgia.

Quais são os tipos de mastalgias?

As mastalgias podem ser classificadas em três tipos:

  • Cíclica: A dor mamária cíclica se caracteriza por ocorrer em repetições periódicas sendo a mais comum a fase pré-menstrual e a doença fibrocística da mama. As dores cíclicas, por conta da fase menstrual costumam ocorrer durante a segunda metade do ciclo.

    A intensidade dessas dores é intensificada alguns dias antes da menstruação, quando finalmente as mamas param de doer no início da menstruação. Outra causa bastante comum da mastalgia cíclica é a doença fibrocística da mama que, apesar de carregar doença em seu nome, não causa males à saúde feminina. Essa doença se caracteriza pelo aparecimento de nódulos benignos nos seios durante estímulos hormonais. Esses nódulos podem ser dolorosos, mas não apresentam riscos à saúde.

  • Extramamária: Alguns casos mais raros de mastalgia pode ocorrer quando o problema não se encontra nos seios. As pacientes costumam relatar que essas dores são sentidas no início das mamas, podendo ser causadas por dores musculares na região do tórax, lesões nas costelas, herpes, fibromialgia ou problemas de coluna.

Acíclica: As dores acíclicas são caracterizadas por não haver relação com o ciclo menstrual. Também por serem localizada em apenas um dos seios em algumas situações. Entre os casos mais comuns dessas dores estão as seguintes possibilidades:

a) Seios grandes;

b) Mastite (inflamação durante a amamentação);

c) Traumas nos seios;

d) Gravidez;

e) Medicamentos;

f) Cirurgias;

g) Câncer de mama.

Dor nas mamas é sinal de câncer?

Muitas mulheres, quando sentem dores nos seios, consultam o médico ginecologista ou mastologista com medo de que sejam provenientes de câncer. Os especialistas apontam que mais de 90% dos cânceres causam dores e menos de 3% das mulheres que as sentem nos seios são diagnosticadas com tumores malignos. Se um nódulo solitário, que cause dores, for identificado, haverá motivos para preocupações e a consulta com o mastologista, nesses casos, é recomendada.

É necessário tomar remédios?

Muitos casos de dores nas mamas desaparecem com o tempo, pois, são causadas pelo ciclo menstrual ou por outras circunstâncias benignas. Nestas situações são dispensáveis o uso de medicamentos. Caso as dores permaneçam, é recomendado que um médico mastologista seja consultado. Ele avaliará o seu caso, podendo recomendar  mudanças na sua rotina como alterações de hábitos alimentares e/ou diminuição de vícios como o fumo. Apenas em situações mais extremas como em cânceres serão recomendados tratamentos específicos à base de medicações.