Saiba como é feito o exame preventivo – Clinica Mariana Eloy – CLIMAE | Candeias, BA.

Saiba como é feito o exame preventivo

Você já ouviu falar do exame preventivo? E de câncer de colo de útero?
26 de janeiro de 2017
Quais doenças podem ser identificadas com o exame preventivo?
10 de fevereiro de 2017

O preventivo é um exame que deve estar presente na vida de toda mulher, com ele é possível rastrear os sinais e evitar o câncer de colo de útero de maneira rápida e eficaz.

O exame é indolor, dura menos de dez minutos, só precisa ser feito uma vez ao ano e você só tem a ganhar com isso! Se ainda não fez o Papanicolau e
tem dúvidas sobre o procedimento, explicaremos a seguir os três passos que fazem parte do preventivo.

1. Coleta de material

O primeiro passo é simples e será o único no qual você participará ativamente Para realizar a coleta, você deve agendar com seu ginecologista um dia e pronto.

A coleta é muito simples, e não oferece qualquer risco ou dor à paciente.

Inicialmente, a médica irá pedir que você troque suas roupas por um avental que lhe será entregue na hora, e em seguida deite na maca e flexione os joelhos, em posição ginecológica. Dessa forma, é possível examinar externamente a região genital em busca de lesões e anormalidades.

Prosseguindo com o exame, é introduzido um objeto, o espéculo, que tem como nome popular “bico-de-pato”, por se assemelhar a um. O objeto irá afastar levemente as paredes da vagina para que seja possível inspecionar o canal vaginal e o colo do útero.

Por fim, é feita a raspagem para a retirada de células do colo uterino. Estas serão depositadas em uma lâmina para microscópio que será enviada para análise laboratorial.

O médico poderá realizar um exame adicional, a colposcopia, que tem por objetivo analisar o colo do útero e o canal vaginal com lentes de aumento em busca de lesões, o que facilita o diagnóstico, além de ser totalmente indolor.

2. Análise laboratorial

A análise do exame deverá ser feita e assinada por um médico, segundo a Resolução Nº 2.074/2014 do Conselho Federal de Medicina (CFM). No laboratório, o médico responsável irá procurar por alterações nas células coletadas e em seguida classificar o que foi encontrado na amostra.

3. Análise médica

Após a conclusão da análise laboratorial, o resultado será entregue ao médico que deverá interpretar o exame de acordo com o que foi passado e te indicar a tomar as medidas necessárias para tratar o que foi encontrado.

É necessário lembrar que o câncer de colo de útero pode ser combatido e  não se deve deixar de fazê-lo com medo do que o resultado possa indicar, somente a partir dele pode-se rastrear e combater este vilão.